FANDOM


Radamanthys de Wyvern (天猛星ワイバーンのラダマンティス; Tenmōsei, Waibān no Radamantisu; Wyvern Rhadamanthys) é um dos três Juízes do Inferno na série The Lost Canvas, de Shiori Teshirogi.

Radamanthys de Wyvern
RadamanthysLC

Classificação

Espectro Celeste

Sobrepeliz

Sobrepeliz de Wyvern

Estrela maléfica

Estrela Celeste do Fúria

Simbologia

Wyvern

Divindade

Hades

Gênero

Masculino

Idade

28

Histórico

Sabe-se que em sua infância, Radamanthys (fosse qual fosse seu nome) era um nobre ou membro da realeza inglesa e que Valentine de Harpia já o servia nesta época. Ele lutou muitas batalhas em nome de Hades nesta época.

Uma destas foi sua luta contra Ilías de Leão (que mesmo debilitado, conseguiu matar diversos espectros na ocasião), pai de Regulus - que era uma criança na época - na qual saiu vitorioso, pois o leão se sacrificou para salvar seu filho, que havia interferido na batalha. Outro fator da derrota de Ilías foi a doença do leão. Esta luta ocorreu cerca de dez anos antes do início da série Saint Seiya: The Lost Canvas.

Radamanthys passou a ter grande admiração por Ilías de Leão,pois ele havia sido o primeiro a arrancar um de seus chifres.

Em algum ponto, começou a considerar a lealdade e a honra como as maiores virtudes alcançáveis por qualquer guerreiro.

Bluegrad e Atlantis

Enquanto Kardia de Escorpião e Degel de Aquário viajam a Bluegrad para forjar uma aliança com Poseidon, o deusm dos mares, e obter o Oricalco, Radamanthys e Pandora os seguem de perto. Todos acabam por entrar em Atlantis, no Kaikai, o mundo de Poseidon, onde após atravessar o peito de Unity, Rhadamanthys trava uma violenta batalha contra Kardia e Dégel. O cavaleiro de Aquário, por estar muito bravo pela aparente morte de seu amigo Unity, não consegue combater o espectro.

Pandora consegue entrar no Santuário Submarino enquanto wyvern segura os cavaleiros, mas Kardia insiste em lutar sozinho após paralisar a perna esquerda de Radamanthys com as suas Agulhas Escarlate,o que permitiu Dégel passar por ele e ir ao encontro de Pandora.

Radamanthys sente-se humilhado por deixa-lo passar e decide lutar sério com Kardia (após este chama-lo de "cachorrinho" de Pandora.

A batalha entre wyvern e escorpião se intensifica e Kardia percebe que Radamanthys é o oponente que tanto procurava, quem fazia seu coração arder em chamas (literalmente) e a quem queria usar toda a sua força, queimando a sua vida ao máximo - o cavaleiro de Escorpião possuía uma doença no coração que fazia o mesmo arder em chamas. Esta doença não lhe permitiria viver muito, portanto ele decidiu morrer no campo de batalha, usando todas as suas forças ao menos uma vez.

Radamanthys sente-se enojado pelo fato de Kardia lutar apenas por diversão e o censura dizendo que um guerreiro não é nada sem lealdade.

Com sua Agulha Incandescente, Kardia acerta quatorze golpes em Radamanthys, mas tem sua agulha quebrada antes de executar o golpe final. Por fim, utiliza sua agulha escondida para desferir a Antares Incandescente, incendiando os dois guerreiros e fazendo seus corações arderem em chamas. Radamanthys é derrotado, mas Kardia acaba morrendo em Bluegrad após salvar Unity.

Degel de Aquário também acaba morto na ocasião, após se congelar, juntamente com toda Atlantis e Serafina, enquanto Radamanthys, Pandora e Unity de Dragão Marinho (que leva então o Oricalco a Atena sobrevivem.

Lealdade

Após algum tempo,já no Tela Perdida, Radamanthys, com seu coração em chamas, alcança Hades e lhe pede para servi-lo novamente.

Nisto aparece faraó de Esfinge, que lhe diz que após a vergonha de falhar em sua missão e ser derrotado por Kardia de Escorpião foi demais e que sua lealdade a Hades deveria ser testada, pois este só deseja servos competentes.

Ele então toca sua Balança da Maldição, tentando arrancar o coração de Radamanthys para testar sua lealdade, mas este lhe diz que sua técnica é muito lenta e arranca o próprio coração, dizendo que, por Hades, ele o faria. Radamanthys coloca seu coração incandescente na balança, mas Alone o ressuscita antes de saber o resultado.

Ele também lhe dá um pouco de seu Ikhor, o que transforma Radamanthys em um ser divino praticamente um deus. Radamanthys é então designado como guardião do Templo de Saturno.

No templo, Pandora e Chesire de Cat Sidhe aparecem, mas Valentine de Harpia guarda a porta e diz que não deixará ninguém importunar seu mestre enquanto este tenta controlar o sangue de Hades. Pandora humilha Valentine, dizendo que ele não tinha autoridade e até pisando em sua cabeça, mas este somente lhe diz que Radamanthys é para ele sagrado e que não a reconhecia como superior.

Quando Pandora começou a falar de Radamanthys, dizendo que ele não passava de um "cão adestrado", Valentine se enfureceu completamente, quebrando seu Veneno Nobre e a chamando de (literalmente) "vadia nojenta e desprezível." Radamanthys então sai de seu templo e atravessa o peito de Valentine, ajoelhando-se e pedindo desculpas a Pandora. Valentine então tenta matar a mulher que escravizara seu mestre, mas Radamanthys o impede e lança em harpia a mais poderosa Destruição Máxima que já havia lançado, obliterando uma grande área. Antes de morrer, Valentine, ajoelhado, pede a Radamanthys que continue um verdadeiro espectro até o fim.

Leão

Após um confronto envolvendo Tenma de Pégaso, Sasha, Regulus, Pandora, Cheshire e Radamanthys, pégaso, Pandora, cat sidhe e Atena vão a Alone, enquanto Regulus segue Radamanthys, observando-o.

Radamanthys o percebe e lança um Rugido de Wyvern, que Regulus copia e lança de volta, surpreendendo o espectro. Depois, Radamanthys diz que Regulus não poderia vencer um ser que já ultrapassou a humanidade e usa seu Rugido Deslizante, mas o leão também o copia.

Radamanthys pergunta a ele sobre Ilías de Leão e ele relembra o dia em que seu pai foi morto por wyvern, lançando seu Relâmpago de Plasma e preparando sua técnica suprema.

Radamanthys para a Exclamação do Zodíaco de Regulus e o jovem leão leva o impacto por causa de seu corpo imaturo. O corpo de Regulus é obliterado completemente e, após fundir-se com a natureza, torna-se dezenas de vezes mais forte e rápido que Radamanthys e destrói o coração de wyvern com seu Relâmpago de Plasma.

Perda da Divindade

Radamanthys sobrevive à perda de seu coração, mas perde sua divindade e decide enfrentar Alone,já que se dá conta de que ele não é verdadeiramente Hades.

No caminho encontra Shion de Áries, mas após um pequeno confronto, vai atrás de Alone com Pandora. Alone tenta matar Pandora, mas Radamanthys se põe no caminho do ataque, perdendo a metade esquerda de seu corpo.

Radamanthys então lança um devastador ataque contra a pintura de Atena, destruindo-a e libertando a deusa do selo de Alone. Wyvern morre então nos braços de Pandora, que lhe diz que foi Radamanthys quem lhe deu coragem para liderar as forças de Hades.

Habilidades de Luta

Destruição Maxima
GCM
Técnica em que Ilias se vale de sua alta velocidade para desferir mais de um bilhão de socos por segundo; devido à velocidade, é impossível notar o braço de Ilias se movendo, e o golpe ganha a aparência de uma gigantesca chuva de feixes de luz em todas as direções.

No Title

No information

Rugido de Wyvern
WRM
Radamanthys ruge ferozmente, agindo como um canhão sonoro,o golpe e tão forte que causa grande riscos a vitima.

No Title

No information

Rugido Deslizante
13 5226
Radamanthys impulsiona seu corpo em direção ao adversário enquanto desliza próximo do chão, usando suas asas e/ou pernas para golpeá-lo, lançando-o no ar.

No Title

No information

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.