FANDOM


Sísifo de Sagitário
Tumblr mec5rgJ2Hk1rtpevto1 500

Classificação

Cavaleiro de Ouro

Armadura

Sagitário

Constelação

Sagittarius

Divindade

Atena

Gênero

Masculino

Idade

29 anos

Signo Zodiacal

Sagitário

Local de nascimento

Grécia

Local de treinamento

Santuário

Aprendizes

Regulus de Leão
Yato de Unicórnio

Sísifo de Sagitário
Sisifo-sagitario-sisyphos-surplice

Classificação

Cavaleiro de Ouro

Armadura

Sapuri de Sagitário

Divindade

Atena

Gênero

Masculino

Idade

29 anos

Signo Zodiacal

Sagitário

Local de nascimento

Grécia

Local de treinamento

Santuário

Aprendizes

Regulus de Leão
Yato de Unicórnio

Sísifo de Sagitário (射手座のシジフォス, Sajitariasu no Shijifosu) é um dos personagens do mangá Saint Seiya: The Lost Canvas, de Masami Kurumada e Shiori Teshirogi. O antigo Cavaleiro de Ouro de Sagitário, surge pela primeira vez em Lost Canvas no capítulo 42, após a vitória de Hasgard de Touro sobre Kagaho de Benu.

Histórico

Gainden

Sisifo apareceu na primeira vez na Gainden de Escorpião, onde avisa o Grande Mestre que Kardia e Sasha sairam do Santuário juntos.

Aparição

Quando Hades aparece no Santuário, chamando por Atena, Dohko de Libra, Shion de Áries, Hasgard de Touro e Sísifo de Sagitário se reúnem para defender a deusa. Sísifo aponta a Flecha de Sagitário para Hades e a dispara, mas o deus a repele, acertando o coração de Sagitário.

Mundo dos Sonhos

Mesmo ferido gravemente, Sísifo sobrevive e é capturado por Hypnos e Thanatos, que o aprisionam na dimensão dos sonhos. El Cid de Capricórnio, com a ajuda de Atena, invade a dimensão onde Sísifo está e ajuda a resgatá-lo. Mais tarde, o cavaleiro de sagitário dispara a Flecha da Justiça para matar os quatro deuses dos sonhos, que lutavam com El Cid e Tenma. O cavaleiro de capricórnio divide a flecha em quatro partes para destruir os quatro deuses ao mesmo tempo, contudo, morre no processo, ao defender o Pégaso. Após a morte de El Cid, Sísifo se torna lider das tropas que vão invadir o castelo de Hades. O evento ocorrido da invasão só resultou no selamento de Hypnos, o que custou a vida de Hakurei, resultou na aparente morte de Dohko de Libra , levando Shion a fugir com  Yuzuriha e Tenma. Depois, deste fato Sísifo retornar ao santuário com as tropas, esperando o cavaleiro de pégaso voltar do seu treinamento com Defteros de Gêmeos.

O Retorno de Tenma de Pégaso

Quando Tenma volta, mais forte e com uma armadura renovada, ele e Sagitário partem com o Oricalco entregue por Unity e vão em direção ao Tibet, onde está o navio que, movido pelo Oricalco, invadirá o "Lost Canvas " no céu com as tropas de Atena. Aiacos, o último dos três juízes, intervém na missão dos cavaleiros e derrota Regulos de Leão. Agora, com as tropas e navios de ambos os lados fora de combate, Sísifo trava uma disputa acirrada contra Garuda, disposto a proteger, a todo custo, o que lhe é precioso.

Sísifo chega dando razão ao que Junkers de Lobo falou, ou seja, que seus corações estão unidos em laços indestrutíveis. Então Sísifo manda Junkers ir, juntamente com Tenma, ativar o barco com o Oricalco trazido pelo próprio Pégaso, já que ele cuidará do juiz do inferno. Tenma e Junkers entram no barco e Tenma não entende o significado de ativar o barco. Junkers explica que o barco tem um núcleo que ativa o poder da embarcação e por este barco ter sido feito com uma árvore originária do Monte Olimpo, ele tem o poder dos deuses, assim aquele local testa os humanos que lá entram. Quando Tenma ia perguntar que tipo de teste ele ouve algo: é Yato, que correu atrás deles após a ordem de Sísifo. O mais incrível é que o Unicórnio está preso em uma espécie de raiz, que esmaga o cavaleiro de bronze quando eles tentam salvá-lo.Surge Douglas de Urso, que salva Yato. Juntamente com o Urso chega Curtis de Hidra e Bleriot de Leão Menor, que querem se juntar a Junkers, mas de repente o que prendeu Yato começa a aumentar e esmagar a todos. Então o Urso decide ficar para trás para que todos passem. Eles relutam, mas aceitam. Mais para frente surge uma barreira de espinhos. Quando Tenma se prepara para destroçá-los, Junkers impede dizendo que aquele teste não se tratava de poder então Curtis decide usar seu corpo para abrir caminho para seus companheiros. Mesmo isso o destruindo, Junkers então vê mais um amigo seu se sacrificar. Tenma se apressa para colocar o Oricalco no núcleo do barco, mas Junkers diz que essa é a missão dele. O Pégaso dá a pedra para o Lobo, que a põe no aglomerado de energia, sendo consumida, mas é ajudado por Bleriot de Leão Menor e pelos cosmos de Douglas de Urso e Curtis de Hidra, que unem seus poderes com a energia do barco da esperança.

Sagitário vs Garuda

A batalha entre Sísifo de Sagitário e Aiacos de Garuda é incrível. Junkers de Lobo está quase caindo diante do poder do barco, mas ele sente a ajuda de Bleriot de Leão Menor e dos poderes de Douglas de Urso e Curtis de Hidra. Em seguida, os corpos dos Cavaleiros de Bronze desaparecem, juntamente com todos os perigos que os cercavam. Entretanto, nada de diferente acontece, o que faz Yato de Unicórnio achar que tudo foi em vão, mas, de repente, surgem vários espíritos que trabalham no barco e ao fundo estão Junkers, Bleriot, Curtis e Douglas , que conversam calmamente. Yato corre e depois morre e nunca mais volta, mas eles apenas sorriem para o amigo e desaparecem, assim como todos os outros espíritos. O barco começa a se elevar e todos os soldados do santuário ficam admirados. Sísifo diz a Aiacos que esse é o poder dos laços entre os cavaleiros, mas Aiacos ri e diz que aquilo é muito bonito, mas eles pertencem à terra firme e aponta os canhões de sua embarcação para o barco.

A ação retorna em Lost Canvas. Sísifo mostra a Aiacos o poder do barco da esperança, dizendo que a força entre os laços dos cavaleiros tornou aquilo possível. O espectro fica estarrecido ao ver que aquele barco de madeira velho agora reluzia como ouro. Nesse momento podemos ver Tenma empunhando uma bandeira com o brasão de Atena. O Pégaso pede para que Yato navegue o barco, afinal, se ele tentasse guiar o barco, ele provavelmente o mandaria direto para uma parede. Mesmo relutando, o Unicórnio aceita. Aiacos resolve contra-atacar, mostrando o que ele entende como laços. Ele então chama um de seus subalternos e toma-lhe o espírito, matando o espectro. Ele usa o poder de seu soldado para disparar o Conquistador de Indra. Um raio flamejante é disparado, passando perto do barco que voa nos céus, mas o raio se desfaz em vários outros, como uma chuva de penas flamejantes devastadoras. Quando os raios estavam prestes a atingir o barco, surge Sísifo que, com milhares de flechas de luz, impede qualquer impacto, fazendo assim ele e Aiacos ficarem frente a frente novamente.

Aiacos e Sísifo estão frente a frente e a luta agora parece inevitável, porém o juiz desdenha do barco da esperança e faz Yato perder a concentração, fazendo assim o cavaleiro de bronze navegar o barco de maneira muito desastrosa. Yato está sem confiança, devido às palavras do juiz do mundo dos mortos, que diz que ter o controle total sobre sua tripulação, desde seus corpos até suas almas, fazendo qualquer erro ser pago com a morte. Nesse momento vemos a tripulação trabalhar e até algumas sacerdotisas cuidarem de Violet, ainda desacordada. Aiacos então ataca e Sísifo defende o barco da esperança juntamente com Tenma, que repele parte do poder dos espectros com os seus Meteoros, porém o barco é atingido mesmo assim. Isso é explicado por Aiacos como uma falha criada justamente pelo fato do barco não estar estável, devido à tripulação incompetente que lá está. Yato se desespera ao ouvir isso e entra em pânico, mas as almas dos cavaleiros de bronze o ajudam de novo e ao ouvir Junkers dizendo que o que eles sempre admiraram em Yato é o fato dele sempre dar o seu melhor nos piores momentos. Isso enche o Unicórnio de confiança, o que faz o barco da esperança agora ficar completamente estável. Sísifo anuncia que, já que os poderes dos barcos se equivalem, agora os cavaleiros irão superar os espectros.

A Destruição do Barco das Trevas

Aiacos está furioso diante da superioridade do barco da esperança. Então o espectro, não admitindo ficar abaixo na batalha, cria chamas que incendeiam o seu barco. Ele as usa como arma para atacar o barco da esperança e quebrá-lo em dois, mas Yato desvia e impede o desastre. Os Cavaleiros de Atena percebem que o espectro só queria ficar acima na batalha, para alimentar o seu orgulho e ter uma posição vantajosa em questão de velocidade para atacar. É exatamente isso que Aiacos faz com o seu barco em chamas: ele cai sobre o barco da esperança, mas quando ia atingi-lo em cheio, Sísifo interrompe a queda da embarcação do espectro com as mãos. Nessa hora, Aiacos se diverte ao anunciar à morte dos subordinados de Sísifo, que se enfurece ainda mais ao ver os subordinados de Aiacos morrerem ao não aguentarem as chamas que o Juiz produzia no barco. Aiacos convida Sísifo a abandonar o barco da esperança, mas, obviamente, Sísifo não quer. Devido a palavras de Tenma, que diz que eles podem cuidar do barco e que ele pode deixar isso com eles, afinal ele é um grande líder, o Cavaleiro de Ouro , entendendo que só livre ele poderia vencer Aiacos, usa um novo golpe: o Impulso da Luz de Quíron (Quíron a raça de centauros que deram origem ao mito de Sagitário), fazendo as chamas de Aiacos se apagarem e colocando o barco das trevas para trás. Agora o Cavaleiro de Ouro de Sagitário mostrará quem é que pertence ao chão, revelando o que é agir feito um líder.

Todos os subordinados de Aiacos estão atônitos por Sísifo ter extinguido o fogo que dominava o barco das trevas, salvando assim suas vidas. Tenma e Yato também ficam impressionados com o poder e a honra do Cavaleiro de Ouro de Sagitário. Aiacos então diz que não se importa com seus subordinados e os compara com a força animal que funciona através de chicotadas. Todos ficam horrorizados com a crueldade do Juiz, que joga seu barco contra o barco da esperança novamente, mas o barco das trevas é que sofre ao se chocar com a imagem da Nike, a deusa da vitória, na proa do barco. Os subordinados de Aiacos estão estáticos, o que deixa o espectro sem paciência, o fazendo usar novamente o seu golpe. Aiacos derruba o seu barco, para os olhos incrédulos de Yuzuhira que ajudava Regulus, que tinha ficado inconsiente após a luta com Violet, devido a ter sido surpreendido pela rápida chegada de Aiacos ao local. Os dois falam que a luta deve estar se desenrolando entre Sísifo e Aiacos, já que Regulus reconhece o cosmo de Sísifo e Violet já havia anunciado a chegada do juiz. Entretanto, ambos temem por Sísifo devido ao poder imenso de Aiacos. Agora no chão Sísifo e Aiacos se encaram. Aiacos diz que já que aquele barco não lhe servia mais, ele se livrou dele. Agora a luta deve explodir entre os dois.

O sobrinho, Regulus de Leão

Sísifo aparece em um penhasco e olha para um garoto que vela um túmulo ao lado da Armadura de Ouro de Leão. Sísifo pergunta onde está o usuário daquela armadura, mas o garoto diz que o dono daquele Leão estava naquele túmulo há muito tempo e lá eles ficariam para sempre. Nisso o garoto se revela como Regulus e ataca Sísifo por achar que ele quer levar a armadura, mas Sagitário o abraça com suas asas douradas, demonstrando que iria proteger o jovem Regulus. Tudo isso na verdade não se passou de uma lembrança do cavaleiro de Leão que, nos braços de Yuzuhira, aguarda o desenrolar da batalha. As embarcações estão no chão, mas Tenma e Yato estão bem. Sísifo e Aiacos lutam, mas o espectro desdenha do Cavaleiro de Ouro, o considerando ingênuo. Aiacos marca um X no chão, dizendo que lá será o túmulo de Sísifo. O Cavaleiro de Ouro de Sagitário decide lutar e dispara uma flecha de luz em Aiacos, que se defende com um dos seus subordinados. Sísifo se enfurece e Aiacos se diverte dizendo que seus subordinados servem para isso. Neste momento Aiacos usa seu novo golpe Resplendor da Morte Galáctica, que queima Sísifo por dentro. Aiacos então o arrasta e usa o Vôo de Garuda para jogar Sísifo na marca do X, fazendo o cavaleiro de ouro ser arremessado no chão. Aiacos anuncia que fará o mesmo com os subordinados de Sísifo, mas o cavaleiro de Sagitário surge de novo e diz que Aiacos não tocará suas mãos imundas em nada que ele estiver protegendo.

O Fim da Luta

A luta entre Sísifo e Aiacos é devastadora. Após receber dois golpes de Aiacos, Sísifo ainda se mantém de pé, mas o Juiz anuncia que os efeitos posteriores de seu poderoso golpe Resplendor da Morte Galáctica são muito piores e a morte de Sísifo estaria próxima. O Cavaleiro de Ouro de Sagitário parece não se preocupar com as palavras de Aiacos, que diz que vai destruir tudo o que Sísifo protege. O dourado explica que ele é apenas um escudo para Atena, assim como seus parceiros de batalhas. De repente, Sísifo, com seus próprios dedos, fere os olhos e tira a sua própria visão. Aiacos acha engraçado já que o seu Resplendor da Morte Galáctica não ataca a visão do oponente e sim o cérebro, mas Sísifo diz que não queria evitar o golpe de Aiacos ao se cegar e sim aumentar o seu cosmo até chegar ao oitavo sentido. Aiacos ignora e ataca, porém sente o cosmo agradável do Cavaleiro de Ouro de Sagitário, o que desperta Tenma. O Juiz acha aquilo repugnante e entende que seu oponente não está sozinho e sim com seus companheiros. Então o cavaleiro de ouro ataca o Juiz mortalmente com um simples ataque de energia. Antes de cair, Aiacos compreende o que Sísifo vinha dizendo, mas já é tarde para o espectro que morre diante do exausto Sísifo.

Suikyou

Depois de ascender ao Lost Canvas, usando o Barco da Esperança, Os Cavaleiros de Atena tentam abrir o portal, quando surge Faraó de Esfinge da Estrela Celeste Selvagem. O espectro explica que aquele portal só pode ser aberto por um coração verdadeiro, por ele ser parte do próprio Hades, ele só se abrirá ao toque de um coração verdadeiro. Faraó esta lá para julgar, com a sua balança, este requisito. O espectro então dispara o seu golpe Balança da Maldição e tira o coração de um cavaleiro, porém ao pesá-lo este coração se desequilibra e pesa mais que a pluma de Maat, fazendo o corpo e a alma do cavaleiro serem queimadas. Faraó desdenha da lealdade dos Cavaleiros de Atena, enfurecendo a deusa, que se propõe a passar pelo teste. Tenma não permite e começa a ter seu coração retirado. Em outro lugar Aiacos se despede de Violet ao soltar seus cabelos no ar. Após isso, surge Kagaho de Benu, que esta lá para punir o ex-juiz que agora reconhece Kagaho como o novo senhor das chamas negras e novo Juiz do Inferno. Então Kagaho destrói, com o seu Corona Blast, a surplice de Aiacos e diz que o homem que um dia comandou a morte não pode ser punido somente por ela, então ele será punido tendo que viver o resto de sua vida como um humano. Kagaho de Benu se despede de Aiacos falando o verdadeiro nome do ex-juiz: Suikyô, para surpresa do derrotado. De volta ao campo de batalha, no barco da esperança, de frente ao portal do Lost Canvas, Tenma é interrompido por Sísifo, que explica que este teste não deve ser feito nem por Atena e nem por Tenma, mas sim por ele. O Cavaleiro de Ouro tira seu próprio coração e oferece a Faraó, que põe na balança e se assusta ao ver que o coração se equilibra. O espectro considera aquilo uma mentira e ataca, mas o Sagitário, mostrando sua fé em Atena, o destrói com facilidade em frente ao portal que se abre.

Golpes

Vlcsnap-2013-05-12-08h33m18s254
Flecha da Justiça
Discrição

Essa habilidade não possui nome é apenas conhecida assim. Pode ser usado de duas formas: Na primeira, Sísifo arma seu arco e concentrando o seu cosmo e os daqueles que foram mortos pelo adversário, lança sua flecha dourada contra o mesmo. Ao atingi-lo, libera uma enorme quantidade de energia de maneira devastadora e até mortal. É um ataque que destruiu inúmeros deuses (Phantasos, Icelos, Morfeus e Oneiros, os 4 Deuses dos Sonhos, filhos de Hypnos, no The Lost Canvas).

Impulso da Luz de Quíron
Impulso da Luz de Quíron
Discrição

Sísifo queimando seu cosmo, cria um gigantesco turbilhão de vento dourado que se transforma em uma verdadeira tempestade de ventos. O Cavaleiro de Sagitário pode lançar este golpe por toda a área ou concentrá-lo em um único ponto, aumentando a sua potência e tornando-o fatal. Sísifo de Sagitário usou essa técnica para extinguir as chamas criadas por Aiacos de Garuda quando este tentava destruir o navio que, movido pelo Oricalco, seria usado pelos Cavaleiros de Atena para invadir o "Lost Canvas" no céu e enfrentar o Imperador Hades.

Galeria